Hunter, Kyrian.

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo

Hunter, Kyrian.

Mensagem por Kyrian Hunter em Ter Abr 22, 2014 3:09 pm

Kyrian Hunter ●○●16 anos●○● Nível 1●○●Jumper
avatar
Kyrian Hunter

Mensagens : 13
Data de inscrição : 19/04/2014
Idade : 20
Localização : Onde o vento me levar

Ficha Avenger
Nível: Delta - 1

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Hunter, Kyrian.

Mensagem por Kyrian Hunter em Qua Abr 23, 2014 6:07 pm






Eu havia acabado de sair de um "pulo entre países" quando decidi que estava na hora de eu praticar um pouco a arte marcial que meu tio havia me ensinado durante toda minha vida  e que eu tanto amava: Savate, a arte marcial francesa. E então eu simplesmente fui direto para a arena que me falaram que servia para esse tipo de treino e tirei a camisa, ficando somente com minhas calas e meus coturnos ( No Savate o uso de sapatos é permitido)  e sorri enquanto imaginava  uma versão menor do redemoinho, imaginando uma árvore com centenas de galhos  e nesses galhos os mais diversos tipos de objetos pendurados por fios de titânio.

                                                                                           (...)

Assim que a árvore  (em minha imaginação) estava repleta de fios segurando objetos de madeira eu comecei o meu treino, dando um chute lateral contra um dos objetos e vendo acertar outro, começando um efeito domino com todos os objetos amarrados em baixo da árvore que logo começariam a me atacar por todos os lados.
                                                                                     
                                                                                              (...)

O primeiro objeto de madeira a tentar me acertar feio pela direita em uma velocidade mediana e eu o impedi golpeando com um chute de calcanhar de cima para baixo que o tirou do fio enquanto outro golpe vinha por trás de mim  me forçando a abaixar e sustentar meu peso com as mãos enquanto usava os meus dois pés para agarrar o objeto e o chutar com força para fora, e me levantar em um salto, segurando um dos objetos que vinham em direção ao meu rosto enquanto com a outra mão socava com força o que vinha pelo meu lado esquerdo, o fazendo colidir com outro objeto que vinha na mesma direção enquanto eu largava o que segurava e dava um passo para trás, desviando de quatro objetos que vieram juntos contra mim, minha respiração ficando mais ofegante enquanto eu notava que estava cansado do outro treino e tinha sido uma má ideia já fazer outro em tão pouco tempo, mas mesmo assim não ia cair fora da arena.
 
     Senti uma dor aguda contra minha perna assim que um dos objetos a acertou e decidi que era hora de acabar com aquilo de uma vez.  Desviando e socando alguns outros objetos que tentavam me acertar fui até o centro da arena e plantei bananeira e  deixei minhas pernas completamente esticadas enquanto usava minha mãos para girar todo o meu corpo, fazendo assim com que minha pernas agissem como hélices e chutasse todos os objetos para fora de seus fios para fora de uma vez só.

                                                                                              (...)

Sorri para mim mesmo vendo todos os objetos de madeira espalhados para tudo que era lado e despenquei no chão, esperando meu fôlego voltar ao normal antes de me levantar e "desligar" a arena.

Tipo de Treino:
Treino Desarmado/Savate







--------------------------------




POST 001

CODED BY: IG de SA



Última edição por Kyrian Hunter em Qui Abr 24, 2014 12:25 pm, editado 1 vez(es)
avatar
Kyrian Hunter

Mensagens : 13
Data de inscrição : 19/04/2014
Idade : 20
Localização : Onde o vento me levar

Ficha Avenger
Nível: Delta - 1

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Hunter, Kyrian.

Mensagem por Lila Stark Blaine em Qui Abr 24, 2014 9:38 am

TREINO AVALIADO
XP GANHO: 50

OBS: Tente fazer treinos mais longos e mais detalhados, o seu treino ficou muito curto e pouco descritivo, faça mais coisas e obterá mais XP's, você escreve bem, parabéns.
avatar
Lila Stark Blaine
New Avenger

 New Avenger

Mensagens : 91
Data de inscrição : 01/05/2012
Idade : 23
Localização : Sede da S.H.I.E.L.D

Ficha Avenger
Nível: Ômega - 78

Ver perfil do usuário http://theavengersrpg.forumeiros.com

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Hunter, Kyrian.

Mensagem por Kyrian Hunter em Qui Abr 24, 2014 1:21 pm

Nada a dizer
Nada a fazer



--------------------------------







Eu havia acordado cedo aquele dia, na verdade, de madrugada, ainda não tinha me acostumado com meu novo quarto e estava difícil dormir nos primeiros dias, mas não era como se isso fosse durar para sempre, então eu simplesmente me levantei e fui tomar um banho, se eu havia acordado mais cedo podia muito bem começar a treinar bem cedo para melhorar minhas habilidades não é mesmo? Então assim que sai do banho e me sequei eu peguei uma calça jeans e uma camisa qualquer e parti para a arena.
                                                                                     (...)
Uma vez eu havia lido em um livro que a partir do momento que você se prepara para algo inacreditável, o resto se torna simples e por isso mesmo eu programei a arena com uma historia que eu tinha 97,5% de certeza que nunca seria usada na vida real e então vi o cenário se formando a minha frente: Uma floresta escura no meio da noite, no centro da floresta uma arena estilo o coliseu de roma onde eu iria treinar, mas a arena era protegida por duas harpias, mulheres pássaros com penas amarelas e laranjas e  garras tão afiadas como adagas e minha missão era passar por esses seres para poder treinar contra um autônomo. Fácil não?

                                                                                    (...)

Observei as harpias andando em volta da arena de forma organizada, cada uma delas mantendo uma distancia de duzentos metros da arena enquanto vigiavam o redor dela em rondas, parecia que cada ronda demora somente alguns minutos e eram feitas por duas harpias de forma que enquanto uma estivesse patrulhando a parte de trás a outra estivesse na parte da frente, tornando muito difícil passar por elas sem ser visto, mas felizmente eu tinha um truque na manga, eu podia contar os segundos com perfeição e correr no momento certo para ter alguma chance de não ser visto, eu teria quer ser muito rápido, mas havia uma chance.
(
                                                                                                         (...)
        Três minutos depois de eu ter ficado olhando para harpias e anotando mentalmente o tempo que elas demoravam em completar cada ronda fosse concluída e sorri enquanto via se repetir pela terceira vez a mesma falha: Elas olhavam para a esquerda ao mesmo tempo, deixando a entrada pela direita muito fácil, provavelmente por que normalmente aquelas duas harpias nunca trabalhavam juntas, mas sim no mesmo posto e tinham criado o hábito de olhar para o lado que guardavam.  Sabendo disso aproveitei da falha que acontecia em todos os exatos trinta e seis segundos para correr o mais rápido possível para dentro da arena pelo lado direito, eu tinha somente sessenta segundos para passar por elas antes de perder a oportunidade e ser devorado por harpias.

                                                                                         (...)

Eu passei com exatamente cinco segundos exatos de adiantamento e consegui entrar na arena com um pequeno sorriso no rosto enquanto me agachava em frente a uma armadura toda detonada e usava de minha alquimia para criar um escudo redondo e largo que cobria boa parte de meu corpo e usando o resto do que sobrou do escudo o usei para criar uma espada, para enfim poder avançar contra o automato que estava mais a frente.
 
O autômato que estava a minha frente usava uma espada larga de duas mãos e era tão musculoso que não devia ser difícil para ele manusear sua arma, o que queria dizer que seria um treino muito interessante para mim.

— Comece
                                                                                         (...)

  Assim que o autômato se ativou ele avançou com um golpe rápido de sua espada em uma estocada que visava tirar minhas tripas, mas antes que o golpe acertasse eu girei 180º graus para a esquerda fazendo a espada raspar o escudo enquanto eu girava 180º graus novamente o golpeando na nuca com o cabo da espada e o fazendo cambalear por causa da força do golpe enquanto eu recuava ficando de lado e colocando o escudo a minha frente de forma a cobrir todo o meu corpo e me permitir ficar com o braço erguido a cima do escudo, pronto para atacar o autômato assim que ele abrisse uma brecha.
 
  Logo que o autômato se recuperou do golpe na nuca ele partiu contra mim movendo sua espada em um corte horizontal largo que eu pude desviar ao saltar para trás, mas antes que eu pudesse tentar avançar contra o autômato em uma estocada senti o apoio de meu pé deslizar, me fazendo tropeçar para trás sem equilíbrio.  Aproveitando esse deslize o autômato chutou minha perna com força me fazendo desabar de dor no chão.

— Filho da... Falei enquanto caia de costas no chão o escudo batendo contra minha barriga e me fazendo ficar  ser ar enquanto o autômato pegava a espada com as duas mãos para dar o golpe final, mas antes que ele fizesse isso eu usei minhas pernas para fazer um movimento de tesoura contra as pernas dele  o derrubando e me levantando rápido, mancando para longe dele enquanto soltava o escudo, ficando somente com minha espada e me preparando para resolver aquilo em um último golpe, pois sabia que não ia aguentar lutar muito tempo com minha perna doendo do jeito que estava.

                                                                                 (...)

Por dois minutos ficarmos somente parados de frente um para o outro até que finalmente o autômato atacou com uma estocada perfeita que eu desviei girando 140º graus para a direita enquanto a espada dele passava raspando pela minha costela, mas com a estocada o autômato havia ficado completamente sem defesa, o que me permitiu o atacar com um golpe horizontal rápido da espada contra seu pescoço o decapitando, eu havia vencido.

                                                                                     (...)
 Estava na hora de voltar para cama, o problema era que agora eu tinha perdido a mudança de turnos e agora não eram aquelas harpias de antes que guardavam a arena agora, e sim duas harpias diferentes que não compartilhavam do mesmo defeito das outras, o que só tornava ainda mais difícil, mas felizmente eu já tinha uma ideia do que fazer.   Voltei para  dentro da arena e peguei a capacete do autômato enquanto olhava as harpias, esperando.
   
         Dois minutos depois eu lancei o capacete  do autômato na direção oposta da qual eu queria correr, fazendo com que as harpias mudassem o foco de sua visão por alguns preciosos segundos, o que foi o suficiente para eu poder sair da arena e a desligar, minha missão muito estranha havia sido cumprida com perfeição.

Tipo de treino:
Combate Armado/Espada





--------------------------------




POST 002

CODED BY: IG de SA



Última edição por Lila Stark Blaine em Qui Abr 24, 2014 5:18 pm, editado 2 vez(es) (Razão : Esqueci o tipo de treino)
avatar
Kyrian Hunter

Mensagens : 13
Data de inscrição : 19/04/2014
Idade : 20
Localização : Onde o vento me levar

Ficha Avenger
Nível: Delta - 1

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Hunter, Kyrian.

Mensagem por Conteúdo patrocinado


Conteúdo patrocinado


Voltar ao Topo Ir em baixo

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo

- Tópicos similares

 
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum